logo-ibpm01
home-Instituto-IBPM-logo-fundoescuro-05

Os  melhores conteúdos e dicas  para conseguir
seguir a carreira do seu SONHO.

Junte-se à milhares de alunos e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis no seu e-mail!

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

A FUNÇÃO DO MILITAR NA PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

18/03/2019

Vamos entender um pouco mais sobre o que aconteceu naquele 15 de novembro de 1889?

Bem, naquele período, os militares não estavam muitos satisfeitos com os rumos e resultados da Monarquia de Dom Pedro II. A ação não teve participação popular e os militares interviram.

Desta forma, Marechal Deodoro da Fonseca demitiu, com o apoio dos republicanos, demitiu o Conselho de Ministros e seu presidente.

Momentos mais tarde, Deodoro da Fonseca assinou o manifesto e a Proclamação da República no Brasil aconteceu.

 

ERA O FIM DA MONARQUIA

Naquele período, algumas questões enfraqueceram a Monarquia, como a Guerra do Paraguai, a intervenção do estado na igreja e a escravidão.

E será que o fim da Monarquia foi positivo para o Brasil? Com a proposta de ingressar no novo século com um novo modelo, os primeiros anos não foram fáceis, até porque, era ainda necessário se adaptar.

Três dias depois da Proclamação da República, a família imperial e D.Pedro II deixavam o Brasil após 67 anos e os militares tiveram uma função primordial para que isso acontecesse.

Se iniciava a República Brasileira com o Marechal Deodoro da Fonseca assumindo provisoriamente o posto de Presidente Militar da História.

O ponto positivo se deu exatamente nos anos seguintes, onde o Brasil poderia finalmente governado por um presidente escolhido pelo povo.

Eram os primeiros passos para a consolidação de um estado democrático e mais independente.

A partir de então, o país seria governado por um presidente escolhido pelo povo através das eleições. Foi um grande avanço rumo a consolidação da democracia no Brasil, mesmo isso tendo acontecido bem mais tarde, entre os anos 1930 e 1934.

 

Este período é considerado o início da democracia no país, quando se finda a República Velha.

E como todas as fases e períodos precisam de uma adaptação, podemos sim compreender como um acontecimento positivo.

Momentos antes da Proclamação da República, os militares já não estavam mais aceitando determinadas explorações do governo. A chamada classe militar queria novos rumos para o futuro do Brasil, e foi exatamente por esse desejo que a função do militar na Proclamação da República foi de grande impacto.

 

ESPÍRITO MILITAR PREDOMINAVA

 instituto ibpm

Apesar de toda transição apresentar determinados conflitos, aquele movimento onde o Brasil deixou de ser Monarquia para se tornar República foi rápido e sem resistência.

De acordo com relatos e declarações de Joaquim Nabuco, político diplomata e historiador, o início da República era necessário, porque a população queria um governo militar.

Confira a declaração do historiador Joaquim Nabuco na íntegra:

 

“No dia em que se proclamou a República, podia- se perceber que a nação queria um governo militar, para poder manter a unidade, porque o espírito militar prevalecia de um canto a outro do País, vale dizer, tinha amplitude nacional e porque era preciso manter parte da antiga tolerância, já que o Exército está acima das ambições pessoais que se expressam nas lutas partidárias e que, sem a monarquia, iriam conduzir o País ao barbarismo.”

 

O INÍCIO DE UM PROCESSO EVOLUTIVO

A função do militar na Proclamação da República naquele 15 de novembro foi o início de um novo processo para o país e visto com olhares de esperança pela maioria.

A liderança de Marechal Deodoro da Fonseca, que na época era Presidente do Clube Militar, e do Tenente-Coronel Benjamin Constant, Professor da Escola Militar da Praia Vermelha, foi essenciais para que a mudança acontecesse.

 

Gostou de saber um pouco mais sobre função do militar na Proclamação da República? Continue navegando em nosso site e saiba mais: www.institutoibpm.com.br

 

Fonte: https://bit.ly/2TWsY8d


Junte-se à milhares de alunos e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis no seu e-mail!

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

Estamos nas redes Sociais

:: Copyright © 2018 Instituto Brasileiro de Preparação às Escolas Militares :: Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: W.Trinca Marketing Ágil