logo-ibpm01
home-Instituto-IBPM-logo-fundoescuro-05

Os  melhores conteúdos e dicas  para conseguir
seguir a carreira do seu SONHO.

Junte-se à milhares de alunos e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis no seu e-mail!

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

IBPM – EXÉRCITO

31/12/1969

Ingresso no Exército

O Exército Brasileiro (EB), a fim de compor seus efetivos, realiza, anualmente, concursos públicos e processos seletivos de âmbito nacional, por intermédio dos quais são relacionados os candidatos a preencherem as vagas nas áreas de interesse Institucional.

Como ingressar no Exército?

Para entrar no Exército existem várias formas: uma delas é pelo serviço militar obrigatório, em que o jovem ingressa com 18 anos e pode ficar até sete anos na instituição. Também é possível começar como oficial e sargento de carreira ou como temporários, o de carreira precisa fazer concurso público já o temporário participa de um processo seletivo.

Para ingressar no Exército como oficial ou sargento de carreira o candidato passa por uma destas escolas, além de preencher os requisitos exigidos, é preciso prestar concurso público de nível nacional.

Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx)

Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), localizada na cidade de Campinas, SP, é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável por selecionar e preparar os jovens para o ingresso na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), iniciando a formação do oficial combatente do Exército Brasileiro. É para lá que convergem os jovens de todas as regiões do País, de diferentes condições sociais e das mais diversas religiões, marcando a pluralidade característica do povo brasileiro.Todos eles identificam-se com o ideal de defender a Pátria.

O ingresso na EsPCEx se dá por meio de concurso público, realizado anualmente, a duração do curso é de 1 ano, quando então, o ingressante é encaminhado à AMAN na condição de aspirante.

Ensino

Nos 72 anos desde sua criação, a EsPCEx abrigou e formou mais de 17.000 alunos, dentre os quais alguns, hoje como oficiais subalternos, superiores e generais, vêm assumindo funções de comando e chefia em Subunidades, Unidades e Grandes Unidades do Exército Brasileiro.

Suas modernas e funcionais dependências possibilitam a realização das mais diversificadas atividades educacionais e de apoio ao ensino. Conta com salas de aulas equipadas com televisão e computador, anfiteatro, biblioteca, salas de informática, laboratórios de química, física e biologia, estande de tiro, além de um parque esportivo com piscinas aquecidas, campos de futebol, pista de atletismo, sala de musculação, quadras poliesportivas, ginásio coberto e pista de treinamento de circuito.

O curso tem duração de um ano, em regime de internato.

Direitos do Aluno

Durante o ano letivo, receberá alimentação, uniformes e alojamento, além de assistência médico-odontológica, por meio do Sistema de Assistência Médico-Hospitalar aos Militares do Exército, Pensionistas Militares e seus Dependentes (SAMMED).

Mensalmente, o aluno receberá um soldo (pagamento) para suas despesas pessoais.

Para fins hierárquicos, é considerado praça especial dentro do Exército, com graduação equivalente ao 3º sargento, com precedência.

Ao final do ano, se aprovado nos exames e testes aplicados, para os quais é preparado, o aluno da EsPCEx terá assegurada matrícula direta na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), que é o próximo passo para VOCÊ que almeja o oficialato.

Como Ingressar:

O candidato à inscrição no concurso público de admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército deverá satisfazer diversos requisitos, a serem comprovados até a data da matrícula à qual se referir o respectivo Processo Seletivo.

Conheça alguns:

  • ser brasileiro nato, do sexo masculino;
  • ter concluído a 3ª série do Ensino Médio;
  • ter idade dentro dos limites estabelecidos no Edital do Concurso;
  • ter sido julgado, em inspeção de saúde, “apto para o serviço ativo do Exército”;
  • estar em dia com suas obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral;
  • possuir aptidão física e idoneidade moral.

O Edital do Concurso, publicado em Diário Oficial, traz as várias premissas que devem ser atendidas pelos candidatos e que podem ser atualizadas a cada ano.

As inscrições para o concurso acontecem anualmente nos meses de junho e julho e são feitas pela internet por intermédio do site: www.espcex.ensino.eb.br.

Contatos:

site oficial: http://www.espcex.ensino.eb.br
Email concurso@espcex.ensino.eb.br
telefone: (19) 3744-2087 ou 3744-2020
Endereço: Av. Papa Pio XII 350, Jardim Chapadão, CEP 13.070-903 – Campinas – SP

Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN

Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN: Situada à sombra do Pico das Agulhas Negras, de onde vem o seu nome, e às margens do Rio Paraíba do Sul e da Rodovia Presidente Dutra, tem sua sede na cidade de Resende (RJ), distante 150 km da Baía de Guanabara (RJ) e 260 km do grande centro econômico, que é a cidade de São Paulo (SP).

A Academia impressiona devido à imponência de suas instalações, amplas pérgulas, confortáveis e acolhedores alojamentos, salas de aulas e bibliotecas espaçosas, salões culturais e dependências esportivas atraentes e modernas

O Cadete

Cadete é o título que recebe o aluno da AMAN. O termo teve origem nas tradições da nobreza monárquica. O cadete desenvolverá, durante sua formação para se tornar oficial, amor à verdade, culto à lealdade, exercício da probidade e prática da responsabilidade, valores característicos do código de conduta necessário ao militar brasileiro. Como modelo e padrão de soldado, deverá se inspirar na figura inigualável do Marechal Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, reverenciado como Patrono do Exército Brasileiro.

O Espadim, réplica da espada invicta de Caxias, é entregue ao cadete, em solenidade especial, como símbolo da honra militar, a quem cabe resguardar sua dignidade, para que outros possam empunhá-lo com honradez, após ser restituído ao Exército, o que ocorre quando o cadete é declarado Aspirante a Oficial. O Cadete é alguém cujas árduas jornadas de exercícios de campo não arrefecem o bom humor. É, enfim, um jovem alegre e muito bem ajustado à carreira que escolheu.

Ensino e Instrução

O ensino ministrado na AMAN é realizado de forma objetiva. O estudo das matérias universitárias assegura as bases humanística, filosófica, científica e tecnológica, necessárias à formação do futuro oficial.

A instrução militar desenvolve-se durante os quatro anos letivos e obedece a um escalonamento progressivo:

  1. formação inicial do combatente (primeiro ano);
  2. curso avançado com instruções de maior complexidade (segundo ano); e
  3. especialização nos diversos cursos (dois últimos anos).

Na AMAN, o cadete poderá realizar os cursos de paraquedismo, guerra na selva e montanhismo.

Principais Direitos do Cadete

O cadete fará jus à alimentação, uniformes e alojamento, além de assistência médico-odontológica, por meio do Sistema de Assistência Médico-Hospitalar aos Militares do Exército, Pensionistas Militares e seus Dependentes (SAMMED).

Para fins hierárquicos, é considerado praça especial dentro do Exército, com graduação entre o subtenente e o aspirante a oficial.

Todos os meses, receberá um soldo (pagamento) para suas despesas pessoais. Após ter concluído o curso, com duração de quatro anos, será declarado aspirante a oficial e receberá a espada e as estrelas definitivas de oficial do Exército Brasileiro. A partir de então, seguirá para um dos quartéis localizados pelo Brasil, para iniciar uma carreira tanto exigente quanto gratificante, Após seis meses, será promovido ao posto de 2º Tenente, dando prosseguimento a essa carreira.

Armas, Quadro e Serviço

Ao término do Curso Avançado de Instrução (segundo ano), o cadete deverá, dentro do critério de classificação por méritos, escolher um dos seguintes cursos para se especializar:

Infantaria

Infantaria

arma base, com aptidão para combater em todos os tipos de terreno e sob quaisquer condições meteorológicas. Como Oficial da Arma de Infantaria VOCÊ poderá servir em diferentes tipos de Organizações Militares, como as motorizadas, mecanizadas, blindadas, paraquedistas, aeromóvel, de selva, de caatinga, de montanha, de polícia do exército e de guarda.

Cavalaria

Cavalaria

pela combinação de mobilidade, potência de fogo, ação de choque e proteção blindada, a Arma de Cavalaria participa de ações ofensivas e defensivas, bem como é preparada para ser empregada à frente dos demais integrantes da Força Terrestre, na busca de informações sobre o inimigo e sobre a região de operações. Seus elementos podem ser mecanizados, blindados e de guarda.

Artilharia

Artilharia

como o principal meio de apoio de fogo da Força Terrestre, as Unidades e Subunidades da Artilharia podem ser dotadas de canhões, obuseiros, foguetes ou mísseis. Com precisão e rapidez, sua função é destruir ou neutralizar instalações, equipamentos e tropas inimigas localizadas no campo de batalha.

 

 

Engenharia

Engenharia

As Organizações de Engenharia podem ser de Combate ou de Construção. A de combate facilita o deslocamento das tropas amigas, reparando estradas, pontes e eliminando os obstáculos, e, ainda, dificulta o movimento do inimigo. A de construção, em tempo de paz, colabora com o desenvolvimento nacional, construindo estradas de rodagem, ferrovias, pontes, açudes, barragens, poços artesianos e inúmeras outras obras.

Comunicações

Comunicações

permitem e realizam as ligações necessárias entre os diferentes escalões de comando, que exercerão a coordenação e o controle de seus elementos subordinados. Por meio de atividades de Guerra Eletrônica, impede ou dificulta as comunicações do inimigo, facilita as suas próprias e obtém informações.

 

Material Bélico

Material Bélico

realiza o apoio logístico voltado para a manutenção do material bélico, principalmente armamentos, viaturas e aeronaves. Cuida, também, do suprimento de combustíveis, óleos, graxas e lubrificantes para motores e máquinas.

 

 

Intendência

Intendência

é a parte da logística voltada para as atividades de suprimento de material de intendência (uniformes, equipamentos individuais etc.) e de diversos tipos de munição e gêneros alimentícios. Em operações, também proporciona outros serviços, como lavanderia e banho.

 

 

Ingresso na AMAN

O ingresso na AMAN ocorre exclusivamente por intermédio da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), situada em Campinas (SP). As inscrições para o concurso acontecem anualmente nos meses de junho e julho e são feitas pela internet, por intermédio do site: www.espcex.ensino.eb.br.

Contatos:

site oficial: http://www.aman.ensino.eb.br
e-mail: rp@aman.ensino.eb.br
telefone: (24) 3388-4500
Endereço: Rodovia Presidente Dutra, Km 306. Resende-RJ CEP 27534-970

 

Escola de Sargentos das Armas – EsSA

Escola de Sargentos das Armas (EsSA) é o único estabelecimento de ensino do Exército Brasileiro destinado exclusivamente à formação de Sargentos Combatentes de carreira, das Armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações.

Enquadrada na Linha de Ensino Militar Bélico de grau médio, a EsSA, para o cumprimento de sua missão, está estruturada da seguinte maneira: comando de Oficial General, com seu Estado-Maior; Divisão de Ensino (DE); Corpo de Alunos (CA); Divisão Administrativa (DA); Divisão de Pessoal (DP); Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) e Batalhão de Comando e Serviços (BCSv).

UM POUCO DE SUA HISTÓRIA

A Escola foi criada ao término da Segunda Guerra Mundial, em 21 de agosto de 1945. Originou-se da Escola de Sargentos de Infantaria, ocupando, inicialmente, parte das instalações da Escola Militar do Realengo. A primeira turma de Sargentos formada pela EsSa conclui o curso em dezembro de 1946. Ao final do ano de 1949, transferiu-se para o quartel do antigo 4° Regimento de Cavalaria Divisionário, na Cidade de Três Corações, MG.

Ao longo de sua existência, a EsSA formou mais de 25.000 novos sargentos e, ainda, aperfeiçoou cerca de 5.600. Já contou, em seu corpo discente, com militares da Marinha do Brasil, Força Aérea Brasileira, Polícias Militares e Exército Paraguaio

LOCALIZAÇÃO

A Escola está localizada no Município de Três Corações, situado no aprazível sul do Estado de Minas Gerais, próximo ao chamado “Circuito da Águas”. As cidades que compõem este circuito – São Lourenço, Caxambu, Cambuquira, dentre outras -, estão encrustadas nos contrafortes da Serra da Mantiqueira e as fontes de águas minerais são a grande atração, além da paisagem serrana, vegetação e o clima da montanha.

CONCURSO

A EsSA seleciona jovens de todas as partes do Brasil por meio de concurso público anual, com cerca de sessenta mil candidatos, em média. Os aprovados e matriculados são submetidos a intenso adestramento, o que lhes aprimora o caráter e permite o desenvolvimento da capacidade física e do conhecimento da profissão militar.

ENSINO

A formação profissional do Sargento Combatente do Exército é a razão de ser da Escola. Todas as atividades do ano letivo são desenvolvidas com a finalidade de capacitar o aluno ao exercício da função de comandante de pequenas frações, a ser desempenhadas nos corpos de tropa, após a conclusão do curso.

O ensino, essencialmente técnico-profissional, é ministrado de forma prática, considerando que o futuro sargento deve ser, ao mesmo tempo, líder e executante.

As atividades de instrução desenvolvem-se em ritmo intenso. Busca-se, constantemente, a imitação das condições de combate. Para isso, são utilizados dois campos de instrução: O Campo de Instrução do Atalaia e o Campo de Instrução General Moacir Araújo Lopes que distam do aquartelamento cerca de 8 e 40 Km, respectivamente.

FORMAÇÃO DO SARGENTO

O ano de instrução é dividido em dois períodos: o Período Básico (PB), com duração de 34 (trinta e quatro) semanas, é desenvolvido em unidades de tropa espalhadas por todo o território nacional, sob coordenação da EsSA. Ao final do PB e conforme seu mérito intelectual, o aluno escolhe sua futura especialização, isto é, sua Arma (Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações.) Já o Período de Qualificação (PQ), com 43 (quarenta e três) semanas, é conduzido integralmente na EsSA. Durante o PQ, o aluno recebe instrução específicas da Arma escolhida.

Dentre as atividades escolares, destacam-se as atividades da Seção de Instrução Especial (SIEsp), os acampamentos, a MARESAER, competição desportiva que congrega as escolas militares congêneres da Marinha e Força Aérea, e a Manobra Escolar. A Manobra Escolar, coroamento do ano de instrução, é a atividade de ensino durante a qual os alunos aplicam os conhecimentos técnicos e táticos adquiridos durante todo o ano de instrução. Contando com a participação de toda a Escola, consta de um exercício no terreno no qual se desenvolve a capacidade de liderança militar e a ação de comando dos participantes.

O treinamento físico militar, alvo de atenção especial, fortalece a têmpera do aluno e capacita-o a liderar o seu grupo, sob quaisquer condições.

DIPLOMAÇÃO

A cerimônia de formatura do Curso de Formação de Sargentos é o ponto culminante e o marco de encerramento do ano escolar, com a entrega dos diplomas e a promoção dos alunos à graduação de 3° Sargento.

CONCLUSÃO

Eis o perfil da Escola de Sargentos das Armas, um dos estabelecimentos de ensino com responsabilidade pela formação de sargentos de carreira do Exército Brasileiro.

Escola de formação militar e civismo, a EsSA transmite lições de patriotismo ao jovem aluno e prepara-o profissionalmente para o exercício das funções de Sargento, o “Elo Fundamental entre o Comando e a Tropa”

Contatos:

site oficial: http://www.esa.ensino.eb.br
Email comsoc@esa.ensino.eb.br
telefone: (35) 3239.4300
Endereço: Av. Sete de Setembro 628, Centro, CEP 37.410-000 – Três Corações – MG

 

Escola de Formação Complementar do Exército – EsFCEx

Criada em 5 de abril de 1988, a Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx) é o estabelecimento de ensino militar que tem como objetivo preparar recursos humanos de ambos os sexos, particularmente no campo da administração militar, com o fim de contribuir para o aprimoramento dos procedimentos administrativos no âmbito do Exército.

Sediada na cidade de Salvador (BA), procura suprir as necessidades das OM com pessoal de nível superior para, prioritariamente, desempenhar atividades complementares nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Magistério, Informática, Economia, Psicologia, Estatística, Pedagogia, Veterinária, Enfermagem, Comunicação Social, Odontologia e Farmácia.

No caso do Capelão Militar, a seleção é feita pela EsFCEx, porém o curso é realizado em três etapas: AMAN, EsSA e a terceira etapa no Colégio Militar de Brasília e na OM de destino.

A EsFCEx conta com instalações adequadas para receber alunos que realizam o curso de formação de oficiais do Quadro Complementar do Exército, do Serviço de Saúde nas áreas de Odontologia e Farmácia.
Um momento especial para esta escola e para o Exército foi a inclusão do sexo feminino, que ocorreu a partir de 1992.

Antiga EsAEx

A Portaria n° 1.080, de 8 de novembro de 2010 transformou a Escola de Administração do Exército (EsAEx) em Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx). Este estabelecimento de ensino pioneiro no preparo de recursos humanos para o Exército Brasileiro, nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Magistério, Informática, Economia, Psicologia, Veterinária, Enfermagem e Comunicação Social teve seu marco inicial em 1988 já na cidade de Salvador-BA. A transformação reuniu na EsFCEx os Cursos de Formação de Oficiais de Odontologia e Farmácia provenientes da Escola de Saúde do Exército (EsSEx) , junto aos Cursos de Formação de Oficiais do Quadro Complementar.

Ensino e Instrução

Durante o curso ocorrem as formações comum, específica e de pós-graduação.
O Curso Básico de Formação Militar, com duração de 35 semanas, tem a finalidade de promover o ajustamento do oficial-aluno às rotinas do Exército e capacitá-lo para o adequado desempenho profissional como militar. Após o curso, ele estará apto para exercer as funções de tenente e capitão não aperfeiçoado.

As atividades da área específica têm como objetivo sintonizar os conhecimentos adquiridos pelos oficiais-alunos, originados nos bancos das universidades e faculdades, com as peculiaridades organizacionais do Exército Brasileiro.

No decorrer do curso específico, cerca de 252 horas são ocupadas por visitas aos diversos órgãos militares e organizações privadas. Também são elaborados projetos interdisciplinares e artigos científicos, atividades que contribuem de forma decisiva para o futuro desempenho do militar. Além disso, o curso possibilita inúmeras atividades que permitem aliar teoria à prática.

Direitos do Aluno

Durante o período de funcionamento do curso, o aluno fará jus à alimentação e alojamento, além de assistência médico-odontológica, por meio do Sistema de Assistência Médico-Hospitalar aos Militares do Exército, Pensionistas Militares e seus Dependentes (SAMMED).

Para efeito de remuneração e precedência hierárquica, o aluno matriculado nos cursos de formação da EsFCEx será considerado 1º tenente da reserva de 2ª classe convocado.

Após concluir o curso com aproveitamento, estará preparado para desempenhar e assumir as responsabilidades e funções de oficial do Exército, de acordo com suas especialidades, e será classificado em uma das Organizações Militares do Exército, de acordo com sua especialidade e as necessidades da Força Terrestre.

O Oficial Oriundo da EsFCEx

Os alunos aprovados serão nomeados 1º tenentes da ativa do QCO, do Serviço de Saúde (Odontologia e Farmácia) e passarão a contribuir com seu conhecimento técnico nos mais variados setores administrativos do Exército, seja no assessoramento direto ao escalão superior, seja nos trabalhos específicos nas Organizações Militares.

O tenente oriundo da EsFCEx, ao adquirir estabilidade profissional, estará incluído em um plano de carreiras definido, que se inicia no posto de 1º tenente e terá prosseguimento de acordo com seu méritos.

Da mesma forma, continuará a receber o mesmo vencimento de quando aluno, acrescido do adicional respectivo de sua formação militar, até ser promovido ao posto de capitão.

Condições básicas para inscrição:

  • ser brasileiro nato;
  • ambos os sexos;
  • ter idade compreendida nos limites estabelecidos no Edital do Concurso;
  • ter concluído o curso de graduação em área objeto do concurso.

As inscrições ocorrem anualmente nos meses de julho e agosto. O Concurso compõe-se de: exame intelectual, inspeção de saúde e exame de aptidão física.

O Edital do Concurso e outras informações podem ser acessados em: Concurso EsFCEx

Contatos:

site oficial: http://www.esfcex.ensino.eb.br/
email scs@esfcex.ensino.eb.br
telefone: (71) 3205-8810 e 3205-8811
Endereço: Rua Território do Amapá, 455 – Pituba CEP 41830-540 – Salvador – BA

 

Escola de Sargentos de Logística (EsLog)

Por força da evolução da doutrina militar, em março de 2010, a Escola de Sargentos de Logística (EsLog) foi criada com a missão de formar e aperfeiçoar os sargentos das áreas Técnicas e Logísticas do Exército Brasileiro.

Localizada no bairro de Deodoro, no Rio de Janeiro (RJ), é para esse estabelecimento de ensino que se dirigem os candidatos oriundos das várias regiões do Brasil, interessados em frequentar algum dos seguintes cursos: Intendência, Manutenção de Comunicações, Saúde, Música, Topografia e Material Bélico (Armamento e Material Bélico (Mecânico de Viatura, Mecânico de Armamento e Mecânico de Operador).

Instrução

O curso de formação na EsLog também é realizado em dois períodos: básico e de qualificação. Como acontece na EsSA, o período básico, com duração de 34 semanas, é realizado em uma Organização Militar de Tropa.

Nesse período, o aluno deverá adquirir os conhecimentos básicos indispensáveis ao prosseguimento do curso e ambientar-se à vida militar.

No período de qualificação, realizado na Sede da EsLog, as disciplinas variam conforme a especialização escolhida pelo aluno. Essa escolha será realizada, ao final do período básico, de acordo com o mérito intelectual.

Direitos do Aluno

Durante o período do curso, receberá alimentação, alojamento e uniformes, além de assistência médico-odontológica proporcionada pelo Sistema de Assistência Médico–Hospitalar aos Militares do Exército, Pensionistas Militares e seus Dependentes (SAMMED).

O aluno da EsLog recebe soldo (vencimento mensal) para as suas despesas pessoais e, ao término do curso, como 3º sargento, receberá vencimentos com valor correspondente a sua graduação. Após concluir o curso com aproveitamento, será declarado 3º sargento do Exército Brasileiro e classificado em uma das Organizações Militares da Força Terrestre de acordo com a sua QMS Técnico-Logística e com as necessidades do Exército.

Como Ingressar:

Condições básicas para inscrição:

  • ser brasileiro nato;
  • ambos os sexos para a área de Saúde e somente sexo masculino para as outras áreas;
  • ter idade de acordo com os limites estabelecidos no Edital do Concurso;
  • ter concluído o Ensino Médio, ou concluí-lo até a data da matrícula.

As inscrições ocorrem, anualmente, nos meses de junho, julho e agosto.

O Concurso compõe-se de: exame intelectual, inspeção de saúde e exame de aptidão física. Mais informações no site: www.esslog.ensino.eb.br.

O Edital do Concurso, publicado em Diário Oficial, traz as várias premissas que devem ser atendidas pelos candidatos e que podem ser atualizadas a cada ano.

Os procedimentos para inscrição são os mesmos dos candidatos para a EsSA.

Contatos:

site oficial: http://www.esslog.ensino.eb.br
Email esslog@esslog.ensino.eb.br
telefone: (21) 2457-1905 ou 2457-1914
Endereço: Rua João Vicente, 217, Deodoro, CEP: 21.610-211 – Rio de Janeiro- RJ

 

Centro de Instrução de Aviação do Exército (CIAvEx)

Centro de Instrução de Aviação do Exército (CIAvEx) é o estabelecimento de ensino responsável pela formação, especialização e aperfeiçoamento do capital humano destinado a integrar o Sistema de Aviação do Exército. Dessa forma, tem, também, a responsabilidade pela formação dos Sargentos de Aviação do Exército Brasileiro, orientando-os na execução dos primeiros passos na vibrante carreira militar.

Localizado em Taubaté, na riquíssima região do Vale do Paraíba, interior de São Paulo, tem a incumbência de planejar, executar e avaliar as atividades ligadas ao ensino técnico e doutrinário inerentes à Aviação do Exército.

Instrução

O Curso de Formação de Sargentos de Aviação (Manutenção de Aeronaves) tem por finalidade formar sargentos com a capacitação necessária para o desempenho das atividades inerentes às primeiras graduações da referida qualificação militar, habilitando-os a exercer funções próprias do mecânico básico de manutenção de primeiro nível dos sistemas de aeronaves de asas rotativas.

O curso está dividido em dois períodos: o básico e o de qualificação. Durante todo o curso, o aluno recebe uma preparação física, intelectual e moral para exercer as atividades de responsabilidade do sargento com a qualificação militar de Aviação (Manutenção).

O período básico, com duração de 34 semanas, é realizado no 12º Grupo de Artilharia de Campanha (12º GAC), localizado na cidade de Jundiaí (SP). Nesse período, a instrução tem por objetivo proporcionar ao aluno a aquisição de novos hábitos e conhecimentos indispensáveis à vida militar.

Durante o período de qualificação, realizado no CIAvEx, o aluno recebe instruções diretamente relacionadas à manutenção, considerando que o futuro sargento será o responsável direto pela execução da manutenção dos helicópteros da Aviação.

Direitos do Aluno

Durante o período do curso, receberá alimentação, alojamento e uniformes, além de assistência médico-odontológica proporcionada pelo Sistema de Assistência Médico-Hospitalar aos Militares do Exército, Pensionistas Militares e seus Dependentes (SAMMED).

O aluno do CFS CIAvEx recebe o soldo para as despesas pessoais e, ao término do curso, como 3º sargento, receberá vencimentos no valor referente a sua graduação. Durante o curso, para efeito hierárquico, o aluno é equiparado à graduação de cabo com precedência.

Após concluir o curso com aproveitamento, será declarado 3º sargento e classificado em uma das Organizações Militares de Aviação da Força Terrestre de acordo com a sua qualificação militar e com as necessidades do Exército.

Como Ingressar:

As inscrições ocorrem, anualmente, nos meses de junho, julho e agosto. O Concurso compõe-se de: exame intelectual, inspeção de saúde e exame de aptidão física. Mais informações no site:www.ciavex.ensino.eb.br.

O Edital do Concurso, publicado em Diário Oficial, traz as várias premissas que devem ser atendidas pelos candidatos e que podem ser atualizadas a cada ano. Os procedimentos para inscrição são os mesmos dos candidatos para a EsSA.

Contatos:

site oficial: http://www.ciavex.ensino.eb.br
telefone: (12) 2123-7624
Endereço: Estrada Municipal dos Remédios, 2.135 – Bairro Itaim CEP 12.086-900 – Taubaté – SP

 

Escola de Saúde do Exército – EsSEx

Localizada em Benfica, na Cidade do Rio de Janeiro, a Escola de Saúde do Exército (EsSEx) é um estabelecimento de ensino de formação de grau superior, diretamente subordinado à Diretoria de Educação Superior Militar (DESMil), responsável pela seleção e formação dos oficiais do Quadro de Médicos do Serviço de Saúde, de ambos os sexos.

Além disso, tem como missão:

  • coordenar os cursos de Pós-Graduação dos oficiais do Serviço de Saúde (Quadro de Médicos, Farmacêuticos e Dentistas);
  • coordenar os cursos de Pós-Graduação dos oficiais do QCO de Enfermagem, Veterinária e Psicologia da Saúde;
  • coordenar os estágios de atualização profissional dos subtenentes e sargentos de Saúde (Programa de Capacitação e Atualização Profissional dos Profissionais de Saúde – PROCAP – Sau);
  • contribuir para o desenvolvimento da doutrina militar na área de sua competência;
  • realizar pesquisas na área de sua competência, inclusive, se necessário, com a participação de instituições congêneres;
  • ministrar estágios sobre assuntos peculiares à EsSEx; e
  • realizar concursos para ingresso na Linha de Ensino Militar de Saúde.

Ensino e Instrução

Durante as 38 semanas de duração do Curso de Formação de Oficiais Médicos, o 1º tenente-aluno médico será preparado para assumir as funções e as responsabilidades inerentes ao oficial do Exército Brasileiro. Para isso, dentre as atividades de ensino, destacamos a integração dos alunos na realização de cursos e estágios de idiomas estrangeiros, pelo sistema de ensino de idiomas do Exército, e a realização de projetos interdisciplinares (trabalhos técnico-científicos).

No ano letivo, além das instruções que concorrem para uma melhor adaptação à vida profissional, para o aperfeiçoamento de sua formação militar, o oficial-aluno realiza: estágio na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), exercício de sobrevivência no Centro de Instrução de Operações Especiais e no terreno, com aplicação dos preceitos do Serviço de Saúde em Campanha, e visitas a várias Organizações Militares das Forças Armadas. Além disso, é incentivado à prática desportiva e à participação em competições internas e externas para o aprimoramento de seu condicionamento físico, dever de todo oficial.

As vagas disponibilizadas no concurso poderão incluir as diversas especialidades médicas, dentro das necessidades do Exército, As vagas disponibilizadas no concurso poderão incluir as diversas especialidades médicas, dentro das necessidades do Exército, como Anestesiologia, Cancerologia, Neurologia, Neurocirurgia, Urologia, Patologia, Ortopedia/Traumatologia, Endoscopia Digestiva, Cardiologia, Cirurgia Geral, Endocrinologia e Metabologia, Infectologia, Nefrologia, Oftalmologia, Psiquiatria, Proctologia, Radiologia, Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Vascular, Dermatologia, Radioterapia, Medicina Nuclear, Gastroenterologia, Ginecologia-Obstetrícia, dentre outras.

Atualmente o concurso disponibiliza, também, vagas para médicos não especialistas, que, em um futuro próximo, poderão se especializar dentro da própria Força ou em convênios com outras instituições de ensino no país e no exterior.

Direitos do Aluno

Durante o ano letivo, o aluno receberá alimentação, uniformes, alojamento e assistência médico-odontológica, por meio do Sistema de Assistência Médico-Hospitalar aos Militares do Exército, Pensionistas Militares e seus Dependentes (SAMMED).

Para fins hierárquicos, no decorrer do curso, será considerado 1º tenente-aluno e, perceberá, todos os meses, vencimentos compatíveis ao posto de 1º tenente.

Projeções para o Tenente do Serviço de Saúde

O oficial médico do Serviço de Saúde, ao concluir o curso da EsSEx, estará apto a desempenhar as funções inerentes à vida militar, a atuar na área técnico-profissioal, e a servir em uma das Organizações Militares do Exército distribuídas pelo território nacional, desde que não exista incompatibilidade hierárquica.

Os oficiais médicos, após a especialização, realizada na EsSEx, poderão servir, prioritariamente, em uma das seguintes Organizações Militares de Saúde do Exército: Hospital Central do Exército, seis Hospitais Militares de Área, seis Hospitais Gerais, 11 Hospitais de Guarnição, quatro Policlínicas Militares, 26 Postos Médicos de Guarnição ou em uma das Unidades de Saúde Especial. Os oficiais médicos sem especialidade servirão nas Formações Sanitárias de uma das Organizações Militares do Exército, até voltarem à EsSEx para realizarem a especialização.

O tenente médico do Quadro de Saúde fará jus à estabilidade profissional e estará incluído em um Plano de Carreira, com a possibilidade de promoção até o posto de general de divisão.
Durante sua vida profissional poderá ser selecionado para se especializar no país ou no exterior, às expensas da Força.

Condições básicas para inscrição:

  • ser brasileiro nato;
  • ambos os sexos;
  • ter idade dentro dos limites previstos no Edital do Concurso;
  • possuir curso de graduação em medicina em instituição de ensino superior reconhecida oficialmente pelo Ministério da Educação.

As inscrições para o concurso ocorrem anualmente nos meses de julho e agosto. O concurso compõe-se de: exame intelectual, inspeção de saúde e exame de aptidão física.

Outros pré-requisitos podem ser consultados no Edital do Concurso

Contatos:

site oficial: http://www.essex.ensino.eb.br
Email essex@essex.ensino.eb.br
telefone: (21) 3878-9410 OU 3878-9448
Endereço: Rua Francisco Manuel 44, Benfica, CEP 20.911-270 – Rio de Janeiro – RJ

 

Oficial e Sargento Temporários do Exército

O militar temporário (oficial ou sargento) é aquele que ingressa no Exército por meio de uma seleção conduzida pelas Regiões Militares, que estabelece o período e as vagas para cada área de interesse necessária.

Regiões Militares:

O Exército Brasileiro abre inscrições, por meio das suas regiões militares (RM), para seleção de oficiais, sargentos e cabos técnicos temporários em diversas especialidades. Existem, ainda, vagas destinadas aos médicos, farmacéuticos, dentistas e veterinários (MFDV).

Como oficial, a formação do militar temporário é dividida em:

  • Estágio de Adaptação e Serviço (EAS):

a. em caráter obrigatório
– Os estudantes, do sexo masculino, do último semestre dos cursos de Institutos de Ensino tributários, oficiais ou reconhecidos, de formação de médicos, farmacêuticos, dentistas e veterinários.

– Profissionais médicos, farmacêuticos, dentistas e veterinários que tenham obtido adiamento de incorporação.

b. em caráter voluntário
– os médicos, farmacêuticos, dentistas e veterinários voluntários, homens e mulheres, com menos de 38 anos de idade completados até 31 de dezembro do ano da convocação, possuidores de qualquer documento comprobatório de situação militar e de acordo com as prescrições do Comando de cada Força Armada.

Informações detalhadas sobre a documentação necessária, a data e o local para comparecimento à Comissão de Seleção Especial e os critérios de seleção poderão ser obtidos na Organização Militar de sua cidade, responsável pela seleção local.

  •  Estágio de Serviço Técnico (EST), destinado a todos integrantes de categorias profissionais de nível superior de áreas de interesse do Exército.

Como sargento:

A formação do militar temporário é realizada através do Estágio Básico de Sargento Temporário (EBST) destinado aos profissionais de nível médio técnico que possuam formação em uma das áreas de interesse do Exército.

Todos os três estágios têm duração de doze meses assim divididos:

  • 1ª FASE: denominada instrução técnico-militar, com duração de quarenta e cinco dias, realizada, obrigatoriamente, para adaptar o convocado às normas e procedimentos da vida militar;
  • 2ª FASE: destinada à aplicação de conhecimentos técnico-profissionais, realizada nas Organizações Militares para as quais foram convocados.

O serviço militar temporário possui a duração de doze meses, prorrogáveis sucessivamente, por períodos de doze meses, de acordo com o interesse de ambas as partes.

O tempo de serviço do militar temporário (serviço militar + serviço público) não poderá exceder a oito anos de efetivos serviços, contínuos ou interrompidos.

A Seleção é com base em:

  1. Comprovação de habilitação e especialização exigidas para os cargos a desempenhar;
  2. Prova de Títulos;
  3. Exame de Saúde;
  4. Entrevista.

Idade:

A prestação do EAS e do EST fica condicionada a que o profissional tenha menos de 38 de idade, referidos a 31 de dezembro do ano da convocação.

Para o EBST fica condicionada a idade de, no mínimo, dezenove e, no máximo, trinta e sete anos de idade referidos a 31 de dezembro do ano da convocação.

Serviço Militar Regional do Exército (SSMR):

1ª Região Militar – Rio de Janeiro – RJ:

fone: (21) 2519-5000
site: www.1rm.eb.mil.br

 

2ª Região Militar – São Paulo – SP:

fone: (11) 3888-5311 / 5312 / 5294 / 5342
site: www.2rm.eb.mil.br

 

3ª Região Militar – Porto Alegre – RS:

fone: (51) 3220-6416 / 6348 / 6357
site: www.3rm.eb.mil.br

 

4ª Região Militar – Belo Horizonte – MG:

fone: (31) 3290-9543 / 9542 / 9544
site: www.4rm4de.eb.mil.br

 

5ª Região Militar – Curitiba – PR:

fone: (41) 3316-4878/4800
site: www.5rm5de.eb.mil.br

 

6ª Região Militar – Salvador – BA:

fone: (71) 3320-1822 / 1823 / 1824
site: www.6rm.eb.mil.br

 

7ª Região Militar – Recife – PE:

fone: (81) 3452-6284 / 6218
site: www.7rm7de.eb.mil.br

 

8ª Região Militar – Belém – PA:

fone: (91) 3211-3678 / 3679 / 3680 / 3682
site: www.8rm8de.eb.mil.br

 

9ª Região Militar – Campo Grande – MS:

fone: (67) 3368-4974 / 4301
site: www.9rm.eb.mil.br

 

10ª Região Militar – Fortaleza – CE:

fone: (85) 3255-1716 / 1717 / 1718
site: www.10rm.eb.mil.br

 

11ª Região Militar – Brasília – DF

fone: (61) 3317-3750 / 3166
site: www.11rm.eb.mil.br

 

12ª Região Militar – Manaus – AM:

fone: (92) 3659-1232 / 2211 / 2231
site: www.12rm.eb.mil.br

 

Instituto Militar de Engenharia – IME

O Instituto Militar de Engenharia (IME), localizado na cidade do Rio de Janeiro, RJ, é o estabelecimento de ensino militar do Exército responsável pela seleção e preparação de jovens para atuar na área de Engenharia do Exército Brasileiro.

Condições básicas para inscrição:

  • ser brasileiro nato;
  • ambos os sexos;
  • ter entre 16 e 22 anos;
  • ter concluído o ensino médio por ocasião da matrícula.

As inscrições para o concurso ocorrem anualmente nos meses de agosto e setembro. São oferecidas 10 (dez) especialidades de Engenharia e os cursos tem duração de 5 (cinco) anos. O concurso compõem-se de: exame intelectual, inspeção de saúde e exame de aptidão física.

Curso de Formação e Graduação (CFG)

O CFG, com duração de cinco anos letivos, destinado aos brasileiros que tenham concluído, com aproveitamento, o ensino médio, tem como objetivo a formação do oficial e a graduação do engenheiro militar para o exercício dos cargos privativos da Engenharia Militar de oficial subalterno e oficial intermediário, conforme o disposto na legislação federal vigente.

O CFG compreende a graduação em uma das especialidades de Engenharia e, simultaneamente, a formação militar necessária ao oficial da ativa, do Quadro de Engenheiros Militares (QEM), ou da reserva, do Corpo de Oficiais da Reserva do Exército (CORE). A instrução militar é ministrada nos Curso de Formação de Oficiais da Reserva (CFOR) e Curso de Formação de Oficiais Engenheiros Militares (CFRm), com estágios diferenciados entre os optantes pela ativa e pela reserva.

Cursos Oferecido

– Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa do Quadro de Engenheiros Militares (destinado aos(às) candidatos(as) que desejam seguir a carreira militar);

– Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Reserva de 2ª Classe do Quadro de Engenheiros Militares (destinado aos(às) candidatos(as) que não desejam seguir a carreira militar).

Especialidades de Engenharia Oferecidas

Fortificação e Construção (Engenharia Civil), Eletrônica, Comunicações, Elétrica, Mecânica e de Armamento, Mecânica e de Automóveis, Materiais, Química, Cartográfica e Computação.

Obs.: A escolha da especialidade de Engenharia será realizada ao final do Ciclo Básico, de acordo com a classificação alcançada pelo(a) candidato(a) no referido ciclo e de acordo com os números de vagas e especialidades estipulados anualmente pelo Estado-Maior do Exército.

Locais das Provas

  • Belém – PA (Comando da 8ª Região Militar);
  • Belo Horizonte – MG (Colégio Militar de Belo Horizonte);
  • Brasília – DF (Colégio Militar de Brasília);
  • Campinas – SP (Escola Preparatória de Cadetes do Exército);
  • Campo Grande – MS (Colégio Militar de Campo Grande);
  • Curitiba – PR (Colégio Militar de Curitiba);
  • Fortaleza – CE (Colégio Militar de Fortaleza);
  • Goiânia – GO – Uni-Anhanguera (Centro Universitário de Goiás);
  • Juiz de Fora – MG (Colégio Militar de Juiz de Fora);
  • Manaus – AM (Colégio Militar de Manaus);
  • Porto Alegre – RS (Colégio Militar de Porto Alegre);
  • Recife – PE (Colégio Militar de Recife);
  • Rio de Janeiro – RJ (Instituto Militar de Engenharia);
  • Salvador – BA (Colégio Militar de Salvador);
  • São José dos Campos – SP (Instituto Tecnológico da Aeronáutica);
  • São Paulo – SP (Centro de Preparação de Oficiais da Reserva / SP);
  • Vila Velha – ES (38º Batalhão de Infantaria).

Contatos:

site oficial: http://www.ime.eb.br/
Email vestibular@ime.eb.br
telefone: (21) 2546-7007 ou 2546-7139
Endereço: Praça General Tibúrcio, 80 – Praia Vermelha – Urca, CEP 22.290-270 – Rio de Janeiro – RJ


Junte-se à milhares de alunos e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis no seu e-mail!

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

Estamos nas redes Sociais

:: Copyright © 2018 Instituto Brasileiro de Preparação às Escolas Militares :: Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: W.Trinca Marketing Ágil